Apresentação

A “MOSTRA INTERTERRITORIAL CIENTIFICA E TECNOLÓGICA DA BAHIA: Tecnologia, inovação e vivências no rural” integra a 16ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia. Foi elaborado a partir da Rede Baiana de Ensino, Pesquisa e Extensão em Agricultura Familiar e Desenvolvimento Rural, resultado da parceria entre as Secretarias Estaduais de Desenvolvimento Rural (Bahiater, CEPEX, CAR), de Educação e de Ciência, Tecnologia e Inovação, a Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Brasileira, a Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, o Instituto Federal Baiano e o Centro de Cultura do Vale do Iguape.

As atividades serão realizadas na modalidade virtual, atendendo as medidas de distanciamento social recomendadas pelas autoridades sanitárias para conter a pandemia do Coronavírus. Estão previstas ações abrangentes de divulgação e socialização de conhecimentos científicos, com exposições, apresentações e discussões de experiências técnicas, científicas e populares, relacionadas à bioeconomia e desenvolvimento sustentável a partir da agricultura familiar. O objetivo é promover um debate qualificado de diferentes áreas de conhecimento no entorno do desenvolvimento rural, e estimular o desenvolvimento de soluções tecnológicas para problemáticas da Bioeconomia.

Todas as atividades serão transmitidas através do canal do Instituto Anísio Teixeira no YouTube e nos perfis da da Mostra Interterritorial Científica e Tecnológica da Bahia no Instagram e no Facebook.

Inscrição de ouvintes e submissão de trabalhos

A submissão de trabalhos para a exposição científico-tecnológica deve ser feita a partir de formulário específico (prazo para envio: 19/07 mais informações aqui) . As propostas passarão por uma comissão de avaliação, que selecionará os trabalhos que serão publicados no site. Os interessados em participar na condição de ouvinte, deverão se inscrever previamente (inscreva-se aqui).

Os participantes terão direito a certificado. Para a certificação, será necessário preencher as listas de presença que serão disponibilizadas durante as palestras.

*****Não se esqueça: a inscrição não garante a certificação.*****

Agricultura Familiar e Sustentabilidade

A agricultura familiar é toda forma de atividade agrícola de base familiar e que se baseia na produção agrícola, florestal, pesqueira, pastoril e aquícola gerida e operada por uma família e que depende principalmente de mão de obra familiar, incluindo tanto mulheres, como homens. Responsável por 70% dos alimentos que chegam à mesa dos brasileiros, a agricultura familiar é uma das atividade que mais tem desenvolvido inovações sociais que preservam o meio ambiente e a biodiversidade. A agricultura familiar apresenta-se como opção mais receptiva ao novo padrão produtivo requisitado por um ambiente que não tolera mais desmatamento, o uso intensivo de água, o esgotamento do solo e as emissões elevadas de gases de efeito estufa.

Agroecologia e Segurança Alimentar

Cresce o interesse em alimentos mais saudáveis e, com isso, cresce o debate em torno dos modelos de produção agrícola. Uma alternativa é a agroecologia, a forma que garante a sustentabilidade das famílias e do meio ambiente, proporcionando à população acesso a alimentos saudáveis, sem veneno e com preço justo. Esse modelo de convívio e produção é desenvolvido por agricultores e agricultoras familiares em diversos contextos. A garantia da segurança alimentar e nutricional para todos, demanda mudanças estruturais profundas na sociedade moderna e a agroecologia segue na direção dessas mudanças, através do trabalho da agricultura familiar.